27.8.08

Atrasado duas vezes

Se quisesse, de facto, criar sérios embaraços a Sócrates, o PSD teria escolhido Passos Coelho, não esse simulacro de coisa nenhuma que dá pelo nome de Ferreira Leite.

Irá decerto o partido entronizá-lo depois das legislativas de 2009, numa altura em que, a avaliar pela rápida mudança do clima ideológico internacional a que estamos a assistir (folheiem o Wall Street Journal para terem uma ideia), até o vago liberalismo agora apregoado pelo candidato soará decididamente obsoleto.

2 comentários:

GL disse...

O "sistema" quer Sócrates no poder por muitos anos...Ferreira Leite (e Jerónimo, Louçã e Portas) é a oposição do sistema: calada, obsoleta, maluca ou comprometida. Ferreira Leite é o Bloco Central em pessoa. Basta respirar.

GL disse...

E quer saber, ainda bem que é assim... 10 ou 15 anos de estabilidade nunca fez mal a uma pequena economia aberta.