7.4.06

Marcelo, Marlon e Messias



Vista de Toftir, Ilhas Faroe.

Marcelo, Marlon e Messias foram contratados para jogar futebol nas Ilhas Faroé, um lugar de cuja existência nunca antes haviam suspeitado. Uma fase de prosperidade da actividade piscatória na pequena localidade de Toftir inspirou a David Niclas a ideia de trazer esses reforços do Brasil para procurar conseguir a qualificação do B68 - cujo grande rival é o B71 - para a taça Intertoto.

Alex Bellos foi encontrar naquelas longínquas paragens os três craques, e procurou inteirar-se do sucesso da sua adaptação ao meio. O defesa central Hans Hansen comentou diplomaticamente que "os brasileiros são um povo muito positivo", embora não se integrem muito bem no estilo local. O treinador Jakobsen acrescentou: "É boa gente."

Marlon e Messias adoptaram inicialmente o mesmo estilo diplomático perante as perguntas de Bello. Mas, a dada altura, não se contiveram: "Eles não percebem nada de futebol. Nem sequer se benzem antes de começar o jogo!"



Emblemas do B68 e do B71.

(Adaptação livre de uma história contada por Alex Bellos em "Futebol: The brazilian way of life".)

1 comentário:

Editor disse...

Eu so nao sei que ouve com esses jogadores, alguem sabe como estao hj eles? e onde?