22.10.09

Estádios, sim. Implosão, sempre!

.
Os mais atentos terão reparado que o turismo sofreu um novo impulso em Portugal de 2004 para cá, especialmente nos destinos menos tradicionais.

Qual terá sido a causa? Isso mesmo: o Euro 2004 proporcionou visibilidade acrescida ao país e estimulou o aumento da oferta hoteleira.

Agora, que Portugal e Espanha resolveram concorrer à organização do Mundial 2018, não há pateta encartado que não aproveite para recordar o drama dos estádios subutilizados.

De uma vez por todas, construir estádios para o Euro 2004 foi a forma mais barata e eficiente que se pode conceber de contribuir para atrair as atenções do mundo

Países relativamente desenvolvidos e de vocação turística como Portugal devem organizar continuamente pequenos, médios e grandes eventos de impacto mundial. Se não forem de futebol, poderá ser de bilhar às três tabelas, mas, nesse caso, precisaremos de fazer umas centenas por ano para alcançar o mesmo efeito.

Países desenvolvidos organizam eventos, países atrasados (como a Macedónia, por exemplo), fazem campanhas publicitárias na CNN.

É certo que alguns dos estádios construídos pouco foram utilizados posteriormente para acolher jogos de futebol. Uma hipótese seria dar-lhes outro uso: se se faziam batalhas navais no Coliseu de Roma, também deve ser possível fazê-las no Estádio do Algarve.

Outra hipótese, falhando as restantes, seria implodi-los, que é uma forma inteligente de eliminar custos de manutenção. O que interessa é que cumpriram a finalidade para que foram construídos ou recuperados, capisce?
.

3 comentários:

Tarzan disse...

«mais barata e eficiente»

?!??!?!?!?!

Mais barata e eficiente que simplesmente oferecer os bilhetes de avião aos estrangeiros durante a época alta?

Tarzan disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Aristes disse...

E que provas é que tem que foi o Euro 2004 que deu essa "visibilidade acrescida ao país" ?

E o Ronaldo? E o caso Maddy? E ...?

Mas mesmo que fosse o Euro 2004, o que é que isso justifica ter feito estádios que não servem para nada?

Podiam ter-se feito estádios que servissem para alguma coisa, não é?

Por exemplo terem modernizado o Estádio do Jamor.