25.8.09

Fantin-Latour

.


Fantin-Latour não é um nome que arraste multidões, mas seria um grave erro perder a excelente exposição do seu trabalho que permanecerá na Gulbenkian até 7 de Setembro. A selecção e montagem dos quadros conseguiu criar o ambiente mais adequado à mostra do vasto conjunto de obras reunido, o qual cobre toda a carreira do artista, que se inicia com uma fase romântica inspirada por Delacroix, prossegue com os retratos e as naturezas-mortas de feição realista e conclui com um arroubo simbolista, para o meu gosto o menos conseguido.

Em resumo, uma magnífica surpresa.

Na pintura acima pode ver-se, à esquerda, Verlaine e Rimbaud. A qualidade da reprodução não é grande coisa, eu sei - até nisto este grande pintor parece ser injustiçado.
.

2 comentários:

GL disse...

Que luz...

Anónimo disse...

Justas a referência feita à exposição na FCG e a inclusão na galeria de Mestres que têm "ilustrado" o teu blog.

"Anónimo do 1º ao 7º (...)"