30.8.09

O sistema de castas é o melhor

.


Greg Mankiw publicou este gráfico no seu blogue, acrescentando-lhe o seguinte comentário:

"This graph is a good example of omitted variable bias, a statistical issue discussed in Chapter 2 of my favorite textbook. The key omitted variable here is parents' IQ. Smart parents make more money and pass those good genes on to their offspring."

Por outras palavras, Mankiw, autor dos manuais de economia mais usados em todo o mundo, acha que a distribuição dos rendimentos reflecte com grande rigor a capacidade intelectual dos seus detentores, e que estes os passam aos seus filhos através dos seus genes, razão pela qual estes terão melhor desempenho escolar e, mais uma vez, melhor sucesso profissional.

Para Mankiw, se alguém é pobre isso explica-se por alguma espécie de deficiência intelectual que inevitavelmente legará à sua prole.

Ora, mesmo que se acredite que a distribuição das pessoas pelas classes sociais se faz essencialmente com base no mérito, o mérito não se reduz - muito longe disso - à inteligência. Acresce ser extremamente duvidoso que a inteligência, no sentido vasto e vago em que aqui a expressão é utilizada, se transmita através dos genes.

Eu não posso deixar de felicitar Mankiw pela sua franqueza. Não há muita gente à direita capaz de afirmar publicamente com todas as letras a sua preferência por uma sociedade de castas.
.

1 comentário:

Gina disse...

«... se alguém é pobre isso explica-se por alguma espécie de deficiência intelectual que inevitavelmente legará à sua prole...»
Uma sociedade por castas é o que tem existido (e continua a existir) em Portugal e ao que parece não estamos sós.
A crise enraizada no nosso País devesse à incompetência de economistas como este que, seguiram caminhos completamente diferentes do resto da população, só conhecem a sua própria realidade e os seus umbiguinhos, acham que o Mundo está nas palmas das suas mãos, as quais, estão manchadas de desumanidade e de injustiça.
Economistas deste género há aos pontapés, andaram todos na mesma escola, são uns mete nojo e numa escala gráfica estão ao mesmo nível dos que se julgam todos poderosos mas, que matam Países encaminhando os cidadãos para a lama e para a miséria (este deve ser daqueles que acham que as crises se resolvem com a guerra, digo eu). Economistas destes não sabem o que é uma Sociedade evoluída pois caminham no sentido da involução.
Tem mais conteúdo e inteligência um Alberto Caeiro (simplório) do que gajos como este (julgam-se muito bons e inteligentes mas não passam de escória e parasitas sociais).
Este tipo de coisas dão-me vómitos!