16.11.09

Quantos GRPs custa um Rolex?

.
Não é justo dizer-se que a investigação judicial portuguesa não obtém resultados.

Sem Casa Pia, Maddie, Apito Dourado, submarinos, Freeport, Media Capital ou Face Oculta, de que viveriam os nossos media? A nossa justiça, baça em matérias da sua estrita competência, brilha a grande altura na produção de conteúdos.

Fugas de informação ajudam a vender muito papel e muito espaço publicitário. Querem fazer umas continhas para estimar quanto vale 1% de audiências (1 GRP em jargão técnico) em horário nobre de televisão?

Deveremos então acreditar que essas fugas são gratuitas? Será que, por definição, não pode haver corruptos nos órgãos encarregados de investigar a corrupção?

Acresce que, ao contrário de muitos dos alegados crimes que têm vindo a público, estes, ao menos, nós temos a certeza de que sucederam, embora ignoremos as suas motivações e contrapartidas.
.

3 comentários:

Vera Y. Silva disse...

sem estas notícias ainda se falava mais de futebol

os suspeitos de corrupção prestam por isso um serviço público

magda disse...

Entendo a ideia mas e se as notícias forem verdade? Quem as divulgaria? Os implicados???

Subaru disse...

É só barro para os olhos dos meninos, é o confunde povo...
porque será que nunca nenhum caso é esclarecido, que tudo é esquecido, abafado, e que os grandes nunca são punidos?
São todos amigos...mm aqueles que pensávamos ser improvável!!