27.5.10

Inquérito às massas sedentas de saber

.
Comecei ontem a fazer uma lista de possíveis temas para o meu artigo da próxima semana no Jornal de Negócios. Eis os que me ocorreram:
Terá fracassdo a nossa integração europeia?

O abandono da política económica em Portugal

Centros de decisão nacional: que relevância têm e por quê

Pensar o impensável: e se saíssemos do euro?

Centro e periferia na UE

Redes instáveis: como os sítios mudam de sítio

Ir à frente como modo de vida: a experimentação como vocação nacional

O capitalismo a caminho de uma crise de legitimidade

Remunerações e prémios dos gestores

PIB não é igual a felicidade

Que relação há entre o défice público e o défice externo?

Educação e desenvolvimento: o que os economistas não sabem

O enigma alemão: por que a República Federal faz o que faz

Emigração e desenvolvimento: ameaças e oportunidades

Transaccionáveis ou não-transaccionáveis: um falso dilema

Elogio da incompetência como modo de vida

Vocabulário do gestor instantâneo ou gestão para tótós
E vocês, o que me aconselham?
.

8 comentários:

Francisco Clamote disse...

Matéria para tratar não lhe falta. Mais sufestões para quê, João Pinto e Castro ?

A Telles disse...

Todos excelentes temas, difícil de escolher. Mais difícil de identificar, porque não estão numerados.
assim, voto no 4, no antepenúltimo e no penúltimo.
Outra sugestão: "como o twitter criou toda uma nova geração espontânea de economistas".

GL disse...

Bons temas:
O abandono da política económica em Portugal
Centro e periferia na UE
PIB não é igual a felicidade

Os masoquistas pedirão:
Terá fracassdo a nossa integração europeia?
Centros de decisão nacional: que relevância têm e por quê
Pensar o impensável: e se saíssemos do euro?

Um tema muito bom que gostaria de ler:

Que papel nos estava reservado na UE?

jj.amarante disse...

Eu voto no "PIB não é igual a felicidade" e no "Elogio da incompetência como modo de vida"

Anónimo disse...

"Pensar o impensável: e se saíssemos do euro?"

Se qualquer margem de dúvida.

Quais os tempos possíveis de execução, quais as consequências, etc.

Diogo disse...

Eu aconselho-o a estudar a Banca e a Finança das quais você parece não perceber nada.

jose reyes disse...

"Que relação há entre o défice público e o défice externo?"

Estou tão farto de levar com o primeiro, nas Tvs, como se fosse o único culpado do segundo, que gostaria de ver o João Pinto e Castro dizer de sua justiça a uma audiência mais alargada
que a do seu blog.
Cumprimentos.

João Pinto e Castro disse...

Vocês são muito simpáticos, mas eu estou cada vez mais confuso.