24.1.11

Um teste crucial

.
Ao contrário do que sucedeu há três anos, Trichet afirma agora que o BCE só considerará a possibilidade de aumentar a taxa de juro se a inflação dos preços mas matérias-primas desencadear uma inflação dos salários.

Isto percebe-se, mas falta saber a que salários se refere Trichet: aos alemães? à média dos salários da zona euro? e é relevante para essa decisão a evolução dos salários nos países da periferia?

Faz algum sentido aumentar a taxa de juro para resolver os problemas da Alemanha quando tantas economias nacionais do continente permanecem estagnadas?

A tendência de rápida subida das cotações das matérias-primas agrícolas e minerais importadas poderá constituir um teste decisivo à coesão da zona euro neste ano que já se adivinhava tão difícil.
.

1 comentário:

Henrique disse...

em termos estritos, apenas a Alemanha tem salários, os periféricos têm subsídios.