30.7.09

Pés no chão, cabeça no ar

.
O meu artigo desta semana no Jornal de Negócios ("Pés no chão, cabeça no ar") discute as consequências da posição geo-estratégica do país para as suas prioridades económicas, e sugere que, "em vez de pormos as pessoas inteligentes a raciocinar como economistas, deveriamos tentar pôr os economistas a raciocinar como pessoas inteligentes."
.

3 comentários:

jj.amarante disse...

Uma proposta aparentemente modesta mas que me parece de grande alcance!

Anónimo disse...

Bom artigo, bem pensado, literalmente "out of the box". Para as coisas correrem bem, faltará a agilização das infraestruturas Estatais e dos processos de decisão.

"Anónimo do 1º ao 7º(...)

GL disse...

Mais um bom artigo de JPC