13.6.08

Festejos

Parece que um argumento decisivo para a vitória do Não na Irlanda foi a convicção de que dessa forma se impediria a legalização do aborto. Bloquistas e comunistas exultam com esse facto, tal como no passado se congratularam com os resultados de referendos na França e na Holanda fortemente determinados por motivações chauvinistas e racistas.

1 comentário:

GL disse...

Mas haverá algo mais à direita do que PC e Bloco?