1.7.08

O naufrágio

Há poucas semanas, Ferreira Leite proclamou que os défices já não era um problema, pelo que as preocupações deveriam reorientar-se para a área social.

Hoje, diz que o problema não está resolvido, que não se pode baixar os impostos, que o país está endividado em extremo, e que não há dinheiro para nada, nem para investir nem para apoiar os pobres.

Não tem ideias sobre coisa nenhuma. Se o país quiser um cangalheiro, já sabe em quem votar.

1 comentário:

GL disse...

É impressionante, a cada duas frases, Ferreira Leite se contradiz. Ou ela é parva ou pensa que somos todos parvos.

Também é impressionante a pouca articulação do seu raciocínio... muito baixa a qualidade, como agente político. Deixa muito a desejar.

Não sei o que a malta do PSD vê de tão bom ali... o que não faz o desespero.

Fabrica miragens, se calhar.