3.7.08

A versão autorizada

Começa a ficar claro que, para se entender o que Manuela Ferreira Leite quis dizer, é preciso esperar para ouvir a interpretação autêntica de Pacheco Pereira.

Para a coisa funcionar melhor, porém, seria melhor que trocasse a função de intérprete pela de ponto. Sempre escusava de ter que corrigi-la a posteriori com argumentos retorcidos.

Se calhar, seria mais prático pensarem em convocar um novo Congresso.

5 comentários:

qwerty disse...

AHAHAHAH.

GL disse...

Um sujeito tão inteligente como JPP impingir uma personalidade tão tacanha quanto MFL.

MFerrer disse...

A situação em que JPP se coloca é insustentável.
Um intelectual a defender uma besta ávida de poder!
Vão , vão por aí e depois comprem bibliotecas d elivros de reclamações!
Nada do que ela disse é o que ela disse. Nada do que afirmou saíu da sua boca!
Ridículo, absolutamente ridículo!
MFerrer

GL disse...

Mferrer,

Cada vez mais insustentável é a posição do PSD como alternativa. Como é que um partido das classes médias aspiracionais preconiza as receitas de Ferreira Leite ?

Bastava dizer que se estivessem no poder iriam mais longe do que o Governo. O discurso é exactamente o contrário. Se estivessem no poder, andavam "de diante para trás".

"... só se eu estivesse louca"...

Valha-nos Deus.

MFerrer disse...

Caro GL,
Tem razão. Aliás eu lá no meu s´tio tenho mostrado as contradições da Dama quanto às OP e nomeadamente quantoao TGV,
OTGV também anda para trás!
E o País arrisca-se a um trambulhão histórico e a ser de novo o escárnio da Europa!
MFerrer