17.10.08

Rudimentos de gestão subprime

Quem, como eu, não está por enquanto desempregado nem perdeu ainda o seu negócio, pode dar-se ao luxo de se deixar fascinar pelos surpreendentes acontecimentos dos dias que correm.

Vamos gastar muito tempo a interpretar o que se está a passar. Precisaremos de anos para seguir as diversas pistas até às suas causas essenciais. Nenhum de nós consegue adivinhar que novo mundo emergirá desta confusão, mas decerto será muito diferente do actual.

No artigo que esta semana publiquei no Jornal de Negócios decidi começar a puxar o fio à meada.

2 comentários:

Anónimo disse...

Clap, clap...

GL disse...

Ainda não se viu uma gota de sangue.
Excepto a derrota de McCain.

Estou impaciente.